Como contratar serviços terceirizados?

Terceirização pode ser a solução para tirar sua empresa da crise
18/07/2018
O que é melhor: ter uma equipe interna ou terceirizar um setor?
31/07/2018

Após a decisão de contratar serviços terceirizados, muitas dúvidas podem surgir a respeito de como o fechamento desse negócio deve ser formalizado. Inicialmente, é preciso recordar sobre algumas mudanças advindas da legislação nacional. Por exemplo, a conhecida Lei da Terceirização desburocratizou a contratação de funcionários terceirizados, o que facilitou e agilizou o processo. Além disso, houve alterações na Lei 6.019, de 1974, que anteriormente regulamentava apenas o trabalho temporário. Agora, não só esse tipo de trabalho possui regulamentação, como também a terceirização de serviços em geral.

Com tantas alterações na legislação, uma série de questionamentos pode surgir na mente do empresário que deseja contratar serviços terceirizados. Pensando nisso, a RBW preparou esse artigo para sanar qualquer tipo de dúvida que possa surgir a respeito da contratação de uma terceirizada.

 

O terceirizado é um profissional informal?

 

A resposta é não! Ao contrário do que se imagina, o funcionário terceirizado não trabalha de modo informal. Na realidade, a contratação é feita através de carteira assinada. Assim, todos os direitos trabalhistas desse trabalhador serão garantidos, em conformidade com a legislação vigente. O que muda é que, diferentemente da contratação direta, o colaborador terceirizado terá vínculos empregatícios com a empresa que presta serviços terceirizados e não com a organização que contratou a terceirizada.

Na prática, a prestadora de serviços disponibilizará o funcionário para realizar as atividades na empresa contratante. Nessa relação, a terceirizada assinará um contrato com a organização contratante e, em seguida, enviará os profissionais solicitados para a prestação de serviços. Vale ressaltar que a prestadora de serviços poderá subcontratar alguma outra empresa ou trabalhador para realizar atividades na empresa contratante.

Nesse sentido, a resposta sobre como contratar uma terceirizada é simples: basta procurar uma prestadora de serviços e solicitar os serviços desejados. Por isso, é importante que a escolha dessa empresa seja feita de forma ponderada e cuidadosa, para que a parceria correta e mais vantajosa seja empreendida.

 

Como escolher uma empresa terceirizada?

 

A palavra-chave nesse momento é cautela. Para fechar negócio com uma empresa que atuará, verdadeiramente, com eficiência, segurança e qualidade, é necessário possuir alguns critérios no momento de escolha. Assim, é importante verificar se a empresa possui reconhecimento no mercado, quais são os clientes atendidos por ela e, também, qual o nível de satisfação dos seus atuais contratantes. Além disso, outro ponto a ser observado é o nível de capacitação dos funcionários da terceirizada, pois é essencial que a formação dos mesmos esteja em conformidade com as atividades que serão desempenhadas após a contratação.

Além disso, é necessário verificar se a empresa terceirizada cumprirá suas obrigações conforme o previsto na legislação. Conforme dispõe a lei, a terceirizada é responsável por admitir, remunerar e gerenciar os trabalhadores. Mas, é importante ficar atento: a responsabilidade não fica somente com a contratada, mas também com a empresa contratante. Esta última tem como deveres: garantia das condições de higiene, segurança e salubridade dos funcionários durante o tempo em que as atividades foram desempenhadas em suas dependências ou em locais por ela definidos.

Como se percebe, não se pode escolher aleatoriamente uma prestadora de serviços, sem que antes haja a análise cuidadosa e detalhada dessa empresa. Pois, após o fechamento do negócio, a relação entre a terceirizada e a contratante deverá ser de parceria e de esforço mútuo em prol dos melhores resultados.

 

É possível contratar qualquer tipo de serviço?

 

Com as mudanças na legislação trabalhista, houve o fim da separação entre atividade-fim (principais atividades de uma organização) e atividade-meio (atividades não vinculadas diretamente com o objetivo da empresa). Anteriormente, era permitida somente a terceirização das atividades-meio, que se caracterizam por serviços como o de portaria, limpeza e segurança. Após a alteração na legislação, as empresas podem terceirizar qualquer tipo de serviço, seja da atividade-fim ou seja da atividade-meio.

 

Conte com a RBW

 

Como foi possível notar, a terceirização não é um bicho-de-sete-cabeças, como muitas pessoas imaginam. Na verdade, esse tipo de prestação de serviços traz inúmeras vantagens, como: redução de custos, mais qualidade na execução dos serviços e tranquilidade em determinadas questões trabalhistas. Por isso, não deixe de otimizar as atividades de sua empresa e garanta já os melhores resultados para o seu negócio. A RBW tem experiência na prestação de serviços terceirizados e possui clientes renomados, espalhados por todo o Brasil. Entre em contato conosco e garanta o sucesso de sua empresa.

 

Comentários

comentarios

Contato