Hotelaria hospitalar: qual sua importância e como equilibrar o contrato desse serviço no orçamento do hospital?

Quais são os benefícios da terceirização dos serviços de limpeza para a gestão de uma empresa?
14/06/2018
Mitos sobre a terceirização
29/06/2018

O setor de hotelaria hospitalar vem crescendo na medida em que os pacientes exigem cada vez mais o bom atendimento nos hospitais. Atualmente, não bastam profissionais competentes e limpeza aparente para fazer com que um paciente se fidelize a uma instituição. Ele também precisa de conforto e de um certo nível de lazer, que o farão se sentir acolhido e bem acomodado. Sendo assim, a hotelaria de um hospital, se bem qualificada, representa uma vantagem competitiva forte no mercado. Deixar de investir nessa área ou tratá-la com negligência pode gerar consequências negativas para a empresa.

Alguns dos serviços que envolvem a hotelaria hospitalar são: lavanderia, camareiras, rouparia, higiene, limpeza, gerenciamento de resíduos e sólidos, serviços de nutrição e dietética, lanchonetes e restaurantes, paisagismo, segurança e áreas de lazer. Esses aspectos fazem com que o paciente veja o hospital como um local mais acolhedor e prazeroso, não tão frio e impessoal, e é por isso que a gestão da empresa deve dar conta de administrar todas essas questões, determinando orçamentos, criando sistemas de rateios, planificando custos, revisando fluxos e interfaces, etc.

É uma opção mais vantajosa o hospital contratar uma empresa terceirizada para tomar conta da área da hotelaria, deixando que seus gestores se preocupem com outras questões que envolvam a empresa. Dessa forma, todas as áreas dos hospitais poderão contar com uma gestão de qualidade.

O primeiro passo para que exista um bom e funcional relacionamento entre o hospital e a empresa contratada é firmar um contrato que atenda as expectativas das duas instituições. Esse documento servirá para garantir que as empresas cumpram o que foi combinado de sua parte. Um bom contrato deve ser bem detalhado e específico, para que não fiquem brechas para desentendimentos. Além disso, é preciso estabelecer metas e prazos para que o controle do orçamento seja possível, evitando gastos desnecessários, falta de verba, e outros imprevistos indesejáveis.

Também é importante ressaltar que a estrutura física do local deve ser adequada para poder dispor de um serviço de hotelaria. Um hospital que não está preparado para receber esse tipo de serviço deverá estar pronto para investir em mudanças no ambiente. Um ajuste na cultura organizacional da equipe da instituição também pode vir a ser preciso. Os valores, normas, crenças e rituais da empresa devem ser adaptados para dialogarem com um sistema de hotelaria que preza o bem-estar e o conforto do paciente.

A filiação de instituições de saúde, principalmente empresas grandes, a serviços de hotelaria hospitalar é indispensável nos dias de hoje. Fazer com que o paciente se sinta confortável, vendo que a equipe do hospital se preocupa com seu bem-estar, é o diferencial que irá definir se o paciente irá se fidelizar ou não à instituição. Além da cura para seu problema, as pessoas estão buscando também um local que irá providenciar uma boa estadia com conforto, qualidade de vida e segurança.

Comentários

comentarios

Contato